• CRNAT

Visita ao complexo industrial da NUCLEP

Atualizado: 13 de jul. de 2020

Na terça-feira, dia 7 de Julho, a diretoria do CRNAT fez uma visita ao complexo industrial da NUCLEP que fica localizado em Itaguaí no Rio de Janeiro. Foram apresentadas as tecnologias 100% brasileiras produzidas pela ADESSO: Smatboia, eletrocoagulação de efluentes e tecnologia térmica de plasma


Contra-Almirante Oscar Moreira da Silva Filho (Diretor administrativo da NUCLEP), Contra-Almirante Carlos Henrique Silva Seixas (Presidente da NUCLEP), Vinicius Bocaiuva (Comodoro do CRNAT) e Álvaro Camelier (Gerente geral da SMS)

Apresentação das tecnologias 100% brasileiras da ADESSO


A Nuclebrás Equipamentos Pesados (www.nuclep.gov.br) tem como objetivos principais projetar, desenvolver, fabricar e comercializar equipamentos pesados para os setores Nuclear; Defesa; Óleo e Gás; Energia e outros. Estratégica pela tecnologia que domina a NUCLEP reforça a indústria de base brasileira contribuindo para o seu desenvolvimento e avanço econômico do país.


Vinculada ao Ministério de Minas e Energia, a Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A. – NUCLEP atende ao Programa Nuclear Brasileiro sendo responsável pelo desenvolvimento e produção dos equipamentos de reposição das usinas nucleoelétricas de Angra 1 e 2, assim como todos os componentes para as futuras plantas.

Central nuclear brasileira angra 1 e 2


Como uma das maiores indústrias de caldeiraria pesada do mundo, a NUCLEP produziu os cascos resistentes para os 4 submarinos convencionais da classe Tupi, tipo IKL-1400, de tecnologia alemã, já incorporados a frota naval náutica da Marinha do Brasil. Foi nesse momento, através da excelência, qualidade e capacidade da NUCLEP, que o Brasil entrou para o seleto grupo dos construtores de submarinos, junto com Estados Unidos, Rússia, China, Grã-Bretanha, Alemanha e França.


118 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo